sexta-feira, outubro 05, 2012

Esperanças que se renovam a cada novo ciclo de vida.

Eu queria entender o porquê dessa alegria que sempre acaba em festança em torno da papoula morta...E a resposta que encontro é que a esperança sempre estará presente dentro de cada um de nós mesmo quando a morte vem e encerra tantas coisas em nosso universo interior para celebrar um novo começo e comemorar mais  um ciclo de vida.São histórias que se renovam dentro da gente para que nada do que cultivamos envelheça.Se cultivamos o amor eis aí a maior razão para começar tudo novamente,reparando as falhas e ensinando a nós mesmos o quanto é importante não errar mais.


 Borboletas azuis

 Nos galhos secos da papoula
pousam as borboletas azuis
borboletas azuis e tão tolas
o que é que as seduz?
Os galhos secos sem folhas
a luz que vem do sol
a tardinha que vem chegando
ou o visitante arrebol?

Eu queria entender o porque dessa alegria
que sempre acaba em festança em torno da papoula morta...
E o que me conforta
em meio a nostalgia
é ver as borboletas azuis
na mais orquestrada pujança
dizendo-me
respondendo-me:
Ainda resta esperança!


Tony Caroll.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.