Postagem em destaque

Quanto vale a minha vida?

 Quanto vale a minha vida?Você já fez uma avaliação sobre isso?Questionamos o valor de tantas coisas materiais e brigamos acirradamente...

quarta-feira, outubro 03, 2012

O poeta, a eterna namorada e as suas canções...

Quando a alma exprime saudade."O nosso amor não se desfez eu quero cantar com vocês outra vez"...Qual o cantor evangélico que nunca sonhou gravar uma música de Edison Coelho?Acho que poucos ou nenhum, pois, sendo um dos grandes poetas de toda uma geração de adoradores, ele junto com sua esposa Telma cantou e encantou muitos lugares por onde passavam.Isso levando as suas mais belas composições que, na verdade sempre foram pura poesia em forma de música, para todo o povo de Deus nos mais diversos lugares mesmo quando, fazer música evangélica era como lapidar uma pedra preciosa sem as muitas condições que hoje são oferecidas aos músicos da atualidade.Porém isso nunca foi obstáculo para essa dupla que ao longo do tempo, sem nenhum tipo de preconceito esteve presente em lugares tão humildes sem visar muitas recompensas; apenas pelo prazer de cantar para Deus. Por isso, Edison e Telma ainda hoje, é um diferencial para todos aqueles que amam a boa música, realmente inspirada na palavra de Deus



 Uma saudade tão bem interpretada pelos eternos namorados que com certeza testemunharam tantas coisas lindas no decorrer dos anos,onde como instrumentos perfeitos nas mãos de Deus tiveram o privilégio de apregoar muitas mensagens de vida através da música,inundando tantos corações carentes da presença de Deus.E que hoje apesar da saudade dos momentos tão bons,seguem triunfantes cantando e encantando os lugares e as pessoas que os tem como referência no cenário cristão.


 Saudades dos irmãos


Eu tenho muitas saudades
Das viagens, que faço, ou já fiz
Deixando aqui, ali cada lugar
Tanta gente feliz
Eu tenho muita saudade, porém na verdade
Eu quero é voltar...
E junto com os meus irmãos
Na congregação, ao Senhor adorar

Quero rever vocês meus irmãos
Outra vez, apertar, suas mãos
O nosso amor não se desfez
Eu quero cantar com vocês, outra vez

Guardo com muita alegria
Na fotografia da recordação
O rosto de cada pessoa, amiga e boa
De cada irmão
O tempo passa é verdade
Mas nossa amizade, tão linda se faz
Nada destrói este amor
Que nasceu no Senhor
E não finda jamais

Guardo os muitos momentos
Dos lindos eventos que participei
Pelos rincões mais distantes
Um povo vibrante
Por lá encontrei
Ao Deus da glória eu peço
Um novo regresso
Entre meus irmãos
A todos, quero abraçar
E ao Senhor adorar
De todo coração

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2013/11/botoes-flutuantes-compartilhamento-addthis-vertical.html#sthash.tWry0QzJ.dpuf