sábado, outubro 13, 2012

Adotar é também aprender a viver.

A boa lembrança.Quantas vezes eu te vi sozinha,orando pelo lar do qual és a rainha"...Mãe não é somente aquela que sente as dores do parto e amamenta, mas também aquela que adota um rebento e está disposta a assumir os mais diversos papéis no maior de todos os espetáculos que é a vida.


Aquela que deixa a vergonha de lado e sobe ao palco para encarar a uma multidão de plateias!Aquela que exibe o seu filho com orgulho, mesmo quando ele não é o modelo escolhido pelos espectadores que esperam para aplaudir somente os mitos de uma geração. Aquela que quando aplaudida transfere para o seu filho os aplausos, reconhecendo que ele é a sua maior fonte de inspiração. Aquela que vai a boca de cena e explode; apresentando o seu filho ao público com toda satisfação mesmo quando ele não satisfaz as suas maiores expectativas. Aquela que nunca espera para o seu filho o elogio de alguém, mas sabe engrandecê-lo com um simples “eu te amo”. Aquela que entre uma cena e outra repassa o texto, mas nunca deixa de colocar em negrito o nome do filho para dizer de forma sublime no próximo ato que a espera. Aquela que chora,sorri,sente,ama,deseja, sonha... e enfim: sabe interpretar com total maestria todos os seus papéis.Professora, quando o assunto é dar ao seu filho o melhor aprendizado. Advogada, quando na defesa do seu filho é capaz de usar até as lágrimas para enternecer o severo juiz que é o mundo. Economista, quando sabe dizer não a um sonho para investir o pouco que tem no sonho do filho que ama. Psicóloga, quando usa o coração como divã para compreender os embaraços do filho. Juíza, quando diante dos grandes tribunais da vida mesmo que o filho seja um réu condenado pelo fracasso,brilhantemente lhe oferece como defesa o calor de um abraço.



E sem nunca se render ao cansaço de viver tantos papéis, quando pensa em desanimar ela volta ao começo e, faz disso o seu recomeço ao compreender que o filho que jamais saiu de suas entranhas, foi alimentado com gestos de amor quando ela não podia lhe dar o leite materno.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.