sábado, outubro 13, 2012

Como cultivar orquídeas em vasos

Disse alguém certo dia:Ter verdadeiros amigos a sua volta é como cultivar orquídeas em vasos pois:Amizade é uma história que vai sendo construída com o tempo.Isso foi uma das coisas mais profundas que já ouvi e que me fez refletir muito.E em meio as minhas reflexões então resolvi apenas completar que:“Amizade é uma linda história de amor que vai se construindo com o tempo”. Esse alguém é simplesmente Roberto Carelli,o amigo que conheci um dia durante um curso na escola de teatro Martins Pena;E que além de amigo tornou-se o meu grande incentivador e também ao longo do tempo se fez em minha vida o mais perfeito instrumento a me estender a mão nos momentos mais difíceis.Se fosse aqui descrever os seus gestos tão nobres no decorrer de nossa convivência seria preciso uma multidão de páginas pois o seu papel como ser humano jamais deixou a desejar.Um dia diante de sua atitude em publicar meu livro “Amor minha última palavra” sem me pedir nada em troca;me veio a inspiração para escrever esse poema em homenagem a ele como forma de gratidão.Poema esse que também já foi objeto para homenagear outras tantas pessoas.E porque o violino? Roberto além de amigo é músico e pode ser comparado as notas musicais que servem para consolar o coração da gente.



Verdadeiro amigo

Se grito e o mundo de mim se esconde
Você vem e me responde;
Se choro e a lágrima guardo comigo
Você vem e me acalenta -verdadeiro amigo.
Se o medo me prende no embaraço
Você vem tão meigo me consolar com um abraço.
Se fico cansado e cheio de amargura
Você vem me enternecer com esse olhar de ternura.
Se espanto a minha dor com aquele canto triste
Você vem provando sempre que o amor ainda existe.
E quando penso enterrar a vida
Por não alcançar o que almejo
Você apaga a despedida
Com um doce e sublime beijo.
Afinal...
Você é gente, você é fera
Mais contundente que a atmosfera
Nunca diz “não” quando o assunto sou eu
Comigo procura o que se perdeu
Vira um leão sempre em minha defesa
E em teu coração abriga-me com destreza
Você é assim...
Sempre pronto a dizer-me “sim”
Você me ama e me defende
Liberta-me do que me prende
E nada pede em retribuição
Você me oferta tantas coisas
Sobretudo sua mão
Engraçado...
Você me aceita do jeito que eu sou
E com isso vou aprendendo
Você chega a me doar os seus órgãos
Para me ver continuar vivendo
Você é forte e eficaz
É grandioso e voraz
Você é sábio, surpreendente
É alguém sempre presente
Você planta e não espera colher
Dá sem pensar receber
Você vive para servir
E isso me faz compreender
Não é que você seja assim
É Deus vivendo em você!
Tony Caroll.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.