Postagem em destaque

Quanto vale a minha vida?

 Quanto vale a minha vida?Você já fez uma avaliação sobre isso?Questionamos o valor de tantas coisas materiais e brigamos acirradamente...

segunda-feira, novembro 26, 2012

Teatro evangélico em ação.

As novas formas do teatro.O teatro terá sempre novas formas, quando se propuser responder aos novos desafios da realidade. E essa resposta dar-se-á sempre a uma plateia, por isso é importante não ignorá-la nunca.É importante argumentar aqui, que a plateia para um tema evangélico, quase sempre está dividida em duas classes: Aquela que sabe qual o fundo daquilo que está sendo mostrado tendo compreensão de tudo àquilo que está sendo transmitido segundo a palavra de Deus; e aquela em que tudo o que está lhe sendo apresentado seja novidade.
Teatro evangelico em ação.
A plateia e o espetáculo.Por exemplo: Você está encenando algo relacionado ou produzindo fielmente uma passagem bíblica. Para aqueles que estão habituados a vivenciar isso todos os dias, a compreensão não será difícil, mas, para aqueles que nunca ouviram mencionar tal fato, poderão ficar um tanto desentendidos diante de determinado assunto.Novos atores.Para os novos atores dentro do campo “evangélico” não só existe a necessidade de buscar exemplos (mitos, doutrinas teatrais, teorias...) somente dentro deste campo para se tornar um profissional; mas sim oferecer a ele, ferramentas muito concretas e conscientes para que o espectador se liberte de tudo aquilo que o oprime.Métodos.Por isso,assim como o português,o inglês a matemática são úteis a todo evangélico, os métodos teatrais, também sempre serão bem vindo ao meio, lembrando sempre que, teatro é resposta tanto para aquele que faz quanto para aquele que assiste; então diante disso, será sempre preciso a prática e não só o fazer por fazer.
Tony Caroll.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2013/11/botoes-flutuantes-compartilhamento-addthis-vertical.html#sthash.tWry0QzJ.dpuf