sábado, fevereiro 09, 2013

Precisando de roupa nova para vestir o interior?


 Vamos lá! O que precisamos para renovar o lado de dentro?São tantas as opções ou as vezes quase nenhuma.Porém nem sempre o silêncio é o melhor remédio para sufocar as insatisfações que somente nos furtam a alegria e o direito de continuar vivendo quando pensamos que já chegou o fim.As vezes o que realmente precisamos são roupas novas que possam vestir o interior e torná-lo bem mais elegante.Isso refletirá do lado de fora.Então o que precisamos é apenas de uma nova revolução,igual aquela que fizemos a tantos anos atrás quando no auge da juventude éramos um bando de revoltados contra a ditadura da infância.




 Meu protesto é uma nova revolução.

E que a nossa revolução seja um ato de amor, onde os sonhos de todos nós possam estar entrelaçados, para ofuscar os obstáculos, calar as injustiças, cegar a corrupção, desmascarar a mentira e vencer a tudo aquilo que nos sufoca quando olhamos a nossa volta e nos sentimos tão impotentes diante da covardia que insiste em querer emudecer as nossas razões. Hoje simplesmente protesto!Contra o mundo que envelheceu. As rugas que se criaram indecentemente no rosto dos meus amigos, roubando-lhe a graça da juventude onde se acentuaram também os cabelos grisalhos com a sutil explicação que seria preciso demonstrar alguma coisa que ainda não sei o que é. E esquecendo a simplicidade protesto!Contra mim mesmo. Por me preocupar tanto com o mundo e seu visível descaso com os meus amigos que, por ele foram tão iludidos por uma proposta que lhes furtou a vida e, pelo desprezo a aquela lágrima atrevida que entre essas rugas não se envergonha de rolar. Desculpem! Eu só queria protestar!E sem mais nenhuma cerimônia grito tentando esmagar: O gosto amargo dessa droga,o sabor da pobreza que então se acentua na face de cada um, o gemido de fome dessa beleza de infância tão ofuscada pelo tempo, o barulho dessa guerra indecente. E de tudo que furtou dos meus amigos a coragem de assinar até mesmo os seus nomes. E se esse meu protesto indecente é apenas uma fuga de minha própria identidade para esconder essa ruga saliente que insiste em brotar no meu rosto, convido a todos a uma nova revolução...

 Tony Caroll

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.