sexta-feira, abril 12, 2013

Um Narciso bem diferente e a elegância de Denner Borges

No último domingo de Páscoa a cia teatral Actos imbuída de muita dedicação e otimismo apresentou a peça Aplausos para Jesus no espaço da igreja evangélica Ministrando em fé.A belíssima apresentação da cia  se deve ao esforço de seus integrantes que com muita propriedade apresentaram os seus personagens com  garra onde o publico entendeu a proposta e com tamanha vibração deixou de ser mero espectador assumindo também o lugar de atores onde o convite tão bem aceito por todos era demonstrar bastante alegria aplaudindo a Jesus.
                                                       
Dener

               A elegância de Dener Borges         

A boa performance do elenco não deixou a desejar mas cabe ressaltar aqui a elegância de Denner Borges que atuou como o protagonista Narciso.Denner com maestria nos apresentou um Narciso diferente,muito seguro em cena,que além da boa expressão vocal e corporal deu ao seu personagem muitas nuances repletas de criatividade.Foi quase impossível não achar graça de suas invenções em cena e isso o público correspondeu quando Narciso com muita leveza arrancou gargalhadas de todos.Era hilário ver Denner ou melhor Narciso por várias vezes se desesperar pelos aplausos do público que durante todo o enredo preferiu aplaudir a Jesus e não a ele.Alias,essa era a proposta do texto, mostrar como existem homens no meio evangélico desesperados em busca de fama quando a glória deve ser atribuída a Deus.E isso,Denner fez muito bem porque: O bom ator não apresenta ele mesmo ao público e sim representa pessoas que precisam mudar a forma de pensar  ou alguma coisa que precisa de uma  reflexão.Reconhecer aqui a boa atuação de Denner Borges é compreender Aplausos para Jesus como um grande desafio onde o seu protagonista funciona também como um responsável em direcionar todo o elenco tendo em vista que durante todo o desenrolar da história nunca sai de cena.Denner foi firme e muito seguro na interpretação de Narciso e merece toda admiração pois também soube rechear toda a trama de belos improvisos quando em seus muitos argumentos em nenhum instante fugiu da ideia central da obra.

Tony Caroll.

Veja Também:

Jesus Cristo Entre dois Narcisos 

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.