Postagem em destaque

Quanto vale a minha vida?

 Quanto vale a minha vida?Você já fez uma avaliação sobre isso?Questionamos o valor de tantas coisas materiais e brigamos acirradamente...

sexta-feira, julho 17, 2015

Cena hum...Termo de referência.

Antes de entrar em cena reveja os seus muitos conceitos pois, nem todos os nossos preceitos estão de acordo com os cenários em que vamos interpretar;impondo os gestos,aguçando a voz,tremendo a fala, correndo de um lado para o outro a fim de conquistar os espectadores que na verdade, não são tão iguais a nós.Devemos lembrar sempre que muitas das vezes queremos apenas impor novas formas ,novas maneiras novas modas, como se quiséssemos apenas unificar o mundo tão desigual em que vivemos. Lembre-se que em certos pontos a desigualdade é algo fundamental para compor o universo onde fomos convidados um dia a representar o nosso papel. Arvores são diferentes umas das outras;dão os seus frutos com conteúdos e formas diferentes;águas são diferentes;umas salobras,outras muito doces,umas claras e outras transparentes;animais são diferentes,nações são diferentes,costumes são diferentes;mas os sentimentos são iguais,amor é amor em qualquer canto ou lugar,fé é fé em toda sua plenitude e em qualquer coração;gratidão é um sentimento nobre que nos faz amar e retribuir a quem nos fez algo de bom e sonhos são verdadeiros e dependem de asas para voar. Os bons sentimentos  devem ser respeitados.Então quando estiveres em cena dance, rode ,pule ,cale-se ,sorria ,geme ,grite , peça um minuto de silêncio para aplaudir ao seu público e faça de tudo para enlouquecer a sua plateia; mas ao sair de cena,não esqueça de ser você mesmo e que o seu personagem por mais notável e aplaudido que tenha sido durante o seu espetáculo, deve ficar atrás das cortinas e só explodir na boca de cena quando uma nova plateia chegar.  



 Estamos sentados confortavelmente na poltrona. O terceiro sinal indica que as luzes serão apagadas. O silêncio domina a sala. A música cresce. Um breve momento acontece antes de as cortinas se abrirem. Dentro de alguns segundos, um espetáculo terá início. Para os espectadores basta aguçar a visão e o ouvido, mas para o pessoal que está no palco, a maratona já começou e o que veremos será o resultado de ensaios, perseverança, tentativas, erros e acertos, de muito suor derramado para que tudo seja realmente um sucesso. 'Teatro para Quem Nunca Fez Teatro' traz um panorama didático e sucinto de quem é quem no teatro, um pouco sobre a história do teatro brasileiro universal, dicas de como montar um texto e a certeza de que, querendo, todos nós podemos fazer teatro.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2013/11/botoes-flutuantes-compartilhamento-addthis-vertical.html#sthash.tWry0QzJ.dpuf