sexta-feira, julho 17, 2015

O que silencia o movimento dos artistas?

 O palco está deserto... E a plateia ansiosa para dizer alguma coisa. Porém se faltam vozes; é porque alguma coisa silencia o espectador. E se faltam movimentos; é porque o espectador está tão habituado a somente ouvir e sufocar a enorme vontade de dizer alguma coisa através da arte. Isso porque nunca ousamos nos manifestar. Temos tantos preletores que dizem tanto através de suas pregações e tantos outros que nunca dizem nada apesar do tempo que lhe é oferecido e tantos ouvintes querendo dizer alguma coisa. Concordar, discordar, ilustrar e enfim contribuir com ideias tão valiosas dentro de um universo que pode ser vivido e envolvido pela arte da interpretação. Que dois mil e quinze seja o ano da libertação para todos os atores, diretores, cenógrafos, escritores, produtores que ainda estão na plateia apenas como espectadores a enterrarem o talento que possuem dentro de si. Afinal os templos estão cheios de espaços vazios que podem ser preenchidos pelo acender das luzes e as cadeiras repletas de espectadores que querem dizer alguma coisa através da arte. Por essa razão vamos mergulhar nesse universo e decorá-lo da forma mais bonita buscando a maior riqueza de detalhes e também um novo aprendizado.


 Que tal rompermos as barreiras do nosso próprio preconceito e dar asas à imaginação?Hoje em dia a música alcançou patamares jamais imaginados pelos que gostam do louvor e os adoradores se multiplicam a cada dia, porém nem todos são cantores, nem todos são profetas, nem todos são pastores. Mas, no entanto a maioria quer dizer alguma coisa sem o trabalho de imaginar-se. Por essa razão convide-se para uma reflexão e descubra dentro de si mesmo o produtor, o ator, o escritor, o diretor que existe dentro de você e mãos a obra. Isso não quer dizer que você precise abandonar a música ou os seus dons e sim que pode também abraçar algum projeto e uma enorme causa. Afinal você é tão importante para Deus e além do mais um belo instrumento que pode ser usado das mais diversas formas, mas para isso precisa se descobrir e entregar-se a um novo aprendizado. Tenha certeza de que interpretar, dirigir, produzir ensinar também faz parte de um universo de dons que não podem ficar adormecidos dentro de você e que a sua inspiração pode ir muito mais além do que você imagina.

Como andam as propostas de teatro dentro dos templos?Tantas delas adormecidas e sem forças para tomarem formas. Aliás, existem tantos escritores e produtores calados como que anestesiados por um sistema automático que apenas os mantêm na rotina. Esse sistema é algo que furta de pessoas talentosas tantas outras oportunidades; pois parece que toda a rotina de um templo seja apenas a pregação da palavra e a música. Não que isso seja um erro porque a palavra é o alicerce do cristão e o dom da adoração uma grande virtude. Mas se abrirmos um leque de opções vamos descobrir um universo belíssimo de adoradores que sabem também dizer tantas coisas através da arte. Afinal arte é vida e vida é tudo aquilo que tem fôlego. O espectador que pensa não ter talentos para propagar o evangelho é simplesmente aquele que nunca experimentou investigar-se a si mesmo e descobrir-se no intuito de assumir novos e grandes papéis. Assim tendo em mente que o teatro pode funcionar na vida do espectador como libertação da timidez, também o teatro pode fazê-lo despertar para uma nova vocação. Afinal estar ocupado com alguma coisa dentro do templo é contribuir para que esse templo também seja enriquecido por uma cultura de incentivos onde os que nunca dizem nada possam romper as ataduras de seu silêncio. É imprescindível que todos tenham voz e que todos digam alguma coisa além do amém.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.