segunda-feira, maio 28, 2012

Quando a vida fenecer...

 
                                                 Quando a vida fenecer...
Jesus!
Quando eu não puder mais sorrir
Quero a tua presença sentir
Quando me perder em meus embaraços
Vou querer estar em teus braços.

Pois se perdido eu estiver
Com o meu sorriso enrijecido
Vou querer recostar em teu peito
E ter o meu coração aquecido.

E deixarei que me abrace
E deixarei que me alcance
E deixarei que me aqueça
Com esse olhar incessante.

Pois tu Jesus és o único que me ama
Quando ninguém  mais me reconhece
Tu me aceitas e de nada reclama
Quando então minha vida fenece.
                                                                                         Tony Caroll

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.