Postagem em destaque

Quanto vale a minha vida?

 Quanto vale a minha vida?Você já fez uma avaliação sobre isso?Questionamos o valor de tantas coisas materiais e brigamos acirradamente...

terça-feira, outubro 16, 2012

Prazer de viver

E assim Glorinha Gaivota descreve a vida,onde o prazer de viver é definido de forma sublime onde as formas do existir cheio de encantos,enaltece os dias.Onde se colhe  o néctar necessário para abater as tristezas e os desatinos.Um prazer de viver  tão bem retratado nestes versos que compõem um universo de felicidade.


 Prazer de viver

Que prazer infindo é esse
Que me enlaça o existir
E me faz encantada pela vida
Que prazer infindo é esse
Que me enaltece de beleza os dias
No néctar mais doce do existir
Que prazer infindo é esse
Que me acalanta o destino
E sempre me acompanha no caminho
Que prazer infindo é esse
Que combate a tristeza, o frio, o desatino
Que me sacia a sede e a fome
Que prazer infindo é esse
Que me faz apaixonada, encantada.
Que me leva; leve, livre e feliz
Com a alma assim tão cristalina
Esse prazer que eu brinco de não saber
É maravilhoso, repleto do Dom maior do mundo
É o prazer de simples viver
Dele colho néctares para assim feliz ser...


Glorinha Gaivota.

1 comentários:

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2013/11/botoes-flutuantes-compartilhamento-addthis-vertical.html#sthash.tWry0QzJ.dpuf