Postagem em destaque

Quanto vale a minha vida?

 Quanto vale a minha vida?Você já fez uma avaliação sobre isso?Questionamos o valor de tantas coisas materiais e brigamos acirradamente...

quinta-feira, outubro 04, 2012

Música e poesia com Feliciano Amaral.

E a noite se fez poesia. "E a brancura da lua,nas águas flutua Numa beleza sem par"...Poderia citar aqui, qualquer outra canção de Feliciano Amaral; mas, nenhuma delas fugiria a uma exceção de beleza em forma de interpretação.Mas o eterno fanal tem a sua história; além de ser uma belíssima poesia contada e cantada por um dos mais renomados intérpretes da música cristã e incluído no Guiness Book como o cantor que está há mais tempo em atividade no mundo.


 Eterno Fanal foi a música que deu título ao LP do cantor Feliciano Amaral, lançado em 1973, como comemoração ao 25º aniversário de atividades no ramo das gravações fonográficas. Ele que foi o primeiro cantor evangélico do Brasil, e que ainda está em atividade, selecionou belos cantos e apostou na juventude de alguns compositores como Ivan Ávila de Souza e Edson Coelho. Foi um tremendo sucesso. Aliás, remasterizado e lançado em CD, ainda é um dos trabalhos mais procurados de Feliciano Amaral.Por trás do sucesso da música está um acontecimento real, desconhecido da maioria do público e que o próprio PR Feliciano Amaral contou em duas vezes nas quais o entrevistei para programas de rádio.


 Ivan de Souza era guarda marinha e numa patrulha de rotina pelo litoral fluminense, numa espetacular noite de lua clara e cheia, sobreveio uma tempestade. O céu ficou encoberto, as ondas se ergueram, a brisa tornou-se vendaval e sob muita chuva o barco balançava muito.A tripulação, embora experiente, temeu o pior. Parecia haver algo de incomum naquela tormenta, como se quisesse tragar o barco patrulha.Naquele momento pavoroso, com a iminência de um desastre fatal, Ivan então começa clamar ao Senhor Jesus, pedindo sua intervenção e misericórdia e para sua surpresa, sem demora veio a calmaria. Novamente o céu ficou claro, pontilhado de mil estrelas e o barco pode retornar em segurança ao porto. Ao retornar ao alojamento Ivan então compôs “O Eterno Fanal”.
___________________________________________________________________________

Veja também:

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.

- See more at: http://blogsdesucessos.blogspot.com.br/2013/11/botoes-flutuantes-compartilhamento-addthis-vertical.html#sthash.tWry0QzJ.dpuf