domingo, setembro 30, 2012

Um sonho de amor.

 A minha insistência em amar foi uma forma de provar que os meus sonhos existem e sonhos só são sonhos de amor quando alguém que queremos tanto podem fazer parte deles.Assim ignorei as muitas impossibilidades,me desvencilhei das razões e investi. Pois amar alguém nunca nos dá a certeza de que seremos correspondidos; mas investir em alguém que de repente causa uma revolução dentro da gente não é perder tempo pois, as histórias de amor só existem para aqueles que realmente acreditam nelas.

Meu amor!

Hoje, por mais que procurasse palavras para intitular esta carta, não consegui me desvencilhar da ideia dos sonhos; sonhos que construí para você, e porque não dizer para nós?Porém diante da impossibilidade do nosso amor, também não consegui me desvencilhar da certeza de que, por diversas razões fui vencido nas inúmeras tentativas de lhe assegurar o que verdadeiramente sinto.Assim resolvi intitular tudo o que imaginei como “um sonho vencido”, porque foi sonhando com o teu amor que, Eu pensei ver brilhar uma luz na imensa escuridão que havia em minha volta. Achei que a minha direção seria o amor... O teu amor! Pensei plantar, regar, ver a semente brotar e imaginei ver o sorriso de tanta gente irradiando felicidade pelo nosso amor, mas, aquela semente que para mim era tão preciosa foi sufocada, deformando-se em si mesma e, aos poucos fui me desesperando, até perder a razão.Tornei-me um louco, perdido com os pensamentos meus; chamei a Deus,gemi,chorei e, mesmo assim lutei com todas as forças para lhe dar o que você não queria mais... O meu amor.Hoje estou só, sem você, sem o sonho. Apenas com esse nó na garganta que, me dá a certeza do que já sei: "Perdi tudo, eu me perdi porque muito te amei”...

Tony Caroll.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.