segunda-feira, outubro 08, 2012

Nomes para escolher

Entre tantos nomes para escolher,entre tantos aromas para inspirar,ela escolheu aquela de aspecto mais insignificante pois o segredo da boa escolha é o conhecimento porque,só quem realmente conhece o núcleo de alguma coisa é que sabe lidar com  a raridade do que possui e assim com total sabedoria despreza a aparência e então se aventura a buscar aquilo que realmente é puro e sublime para o coração.

A borboleta e a rosa



rosas perfeitas...
Que emergiram da terra fértil
e desfez meu longo sono.
Debrucei-me na janela
a inspirar forte perfume,
mas deve ser aquela
que buscou-me na manhã.
É bonita,vermelha,bela
mas tem no olhar uma fera.
Talvez aquela outra
que permanece tão aberta
e parece até sorrir,
mas no riso traz façanha.
Aquela é gigantesca
do tamanho de uma vespa
e acho que me conquista
ao dançar ao som da brisa.
Não,ela me engana com beleza.
Deem licença,grandes rosas,
para eu enxergar melhor.
Aquela não é tão prosa
é prisioneira de um nó
tem um jeitinho esquisito
e rasteja pelo chão.
Talvez seja a idiotia
das demais a alegria
que me faz sentir nostálgico.
Ah!Vem borboleta vadia
me livrar da confusão.
Quero a rosa mais perfeita
que brilha com o coração.
Voa borboleta amarela,
procurando a mais singela
dentre as rosas tão belas.
Sim,agora sei é aquela,
miudinha como nada
mas que,pela mestra maior,
acaba de ser beijada.

Tony Caroll.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.Ele será muito importante para nós.